08 dezembro 2016

7 formas de Cyberbullying: a violência virtual!

Pela internet e pelo celular, as mensagens com imagens e comentários depreciativos se alastram numa velocidade que tornam o bullying ainda mais perverso.
7 formas de Cyberbullying: a violência virtual!
Imagem: Thinkstock
Para falarmos sobre cyberbullying, definimos o que é, o que caracteriza e quais as formas mais comuns:
No Brasil, vem aumentando rapidamente o número de casos de violência desse tipo.

O QUE É CYBERBULLYING?

Todo mundo que convive com crianças e jovens sabe como eles são capazes de praticar pequenas e grandes perversões. Debocham uns dos outros, criam os apelidos mais estranhos, reparam nas mínimas "imperfeições" - e não perdoam nada. Na escola, isso é bastante comum. Implicância, discriminação e agressões verbais e físicas são muito mais frequentes do que o desejado. Esse comportamento não é novo, mas a maneira como pesquisadores, médicos e professores o encaram vem mudando.

Há cerca de 15 anos, essas provocações passaram a ser vistas como uma forma de violência e ganharam nome: bullying (palavra do inglês que pode ser traduzida como "intimidar" ou "amedrontar"). Sua principal característica é que a agressão (física, moral ou material) é sempre intencional e repetida várias vezes sem uma motivação específica. Mais recentemente, a tecnologia deu nova cara ao problema. E-mails ameaçadores, mensagens negativas em sites de relacionamento e torpedos com fotos e textos constrangedores para a vítima foram batizados de cyberbullying.

CARACTERÍSTICAS DO CYBERBULLYING

O cyberbullying tem algumas características bastante peculiares que são diferentes do bullying tradicional:

Anonimato: O agressor é muitas vezes anônimo. A vítima fica se perguntando quem é o cyberbully, o que pode causar um grande estresse.

Acessibilidade: Há geralmente um período padrão de tempo durante o qual os agressores têm acesso a suas vítimas. Os cyberbullies podem causar sofrimento a qualquer hora do dia ou da noite.

Medo de punição: Muitas vezes as vítimas do cyberbullying não denunciam por medo de represálias de seus agressores e medo de que seus privilégios relativos ao computador ou telefone lhes sejam tirados. Geralmente as respostas dos adultos para cyberbullying são tirar o celular e o computador de uma vítima, que em seu entendimento pode ser visto como punição.

Espectadores: O fenômeno de ser um espectador no mundo cibernético é diferente na medida em que se pode receber e transmitir e-mails, páginas da Web, imagens etc. O número de espectadores no mundo cibernético pode chegar a milhões.

Desinibição: O anonimato proporcionado pela internet pode levar os jovens a ter comportamentos que não podem realizar face a face. Ironicamente, é o seu próprio anonimato que permite a alguns indivíduos intimidar outros.

7 FORMAS DE CYBERBULLYING

O cyberbullying pode assumir muitas formas. No entanto, existem sete formas que são as mais comuns, como mostra na ilustração aseguir:

7 formas de Cyberbullying: a violência virtual!

No bullying o processo para uma vítima se tornar agressor é lento, mas no cyberbullying quase todos se tornam coagressores por participarem das mensagens. Pense nisso!

REFERÊNCIAS:

Ir para cima
↑ - 2cmultimidia.com │ ↑ - bullyingcyberbullying.com.br

Salvar como: PDF | Link curto:

Por favor leia antes de comentar:

1. Escreva apenas o que for referente ao tema;
2. Ofensas pessoais ou spam não serão aceitos;
3. Para entrar em contato acesse formulário de contato.
EmoticonEmoticon