25 julho 2014

Diferenças entre os sistemas de cores RGB e CMYK

RGB ou CMYK – O que ser isso? Na verdade, são dois modelos que utilizam métodos diferentes de exibir cores.
Diferenças entre os sistemas de cores RGB e CMYK

Como funcionam os sistemas?

Os dois sistemas de cores funcionam de forma totalmente oposta. Enquanto o RGB é formado pela adição de luz, o CMYK funciona pela subtração da luz.

RGB é uma abreviatura que pertence ao sistema de cores formadas por vermelho, que corresponde a red em inglês, pelo verde, em inglês green e pelo azul, que é blue. Sua atividade fundamental é reproduzir cores em aparelhos como monitores de computador, televisores, câmeras, entre outros. Seu modelo tem base na visão tricromática e seu uso é um padrão para a apresentação de cores, que são combinadas, gerando assim outras cores secundárias. Porém, não quer dizer que cores do sistema RGB sejam as primárias como as utilizadas por impressoras, sendo estas o ciano, magenta, amarelo e preto. Sua mistura não é exata, mas pode ser nitidamente percebida pelos olhos humanos. Tais cores, podem variar entre os níveis completamente escuro, que é o preto, e completamente claro, que é o branco. E esta representação é numérica, fazendo uso da escala de 0 a 255, podendo também ser fracional.

CMYK, também é uma abreviatura, corresponde ao sistema de cores primárias, citado anteriormente, como o ciano, magenta, amarelo e preto, e, seu esquema de funcionamento é devido à absorção de luz que gera a visibilidade de tais cores. O sistema CMYK é trabalhado em fotocopiadoras e impressoras, fazendo a mistura destas cores primárias para gerar as secundárias como: rosa, roxo, vermelho, entre outras. O preto foi incluído, porque a princípio se conseguiu obtê-lo misturando as três cores primárias, porém, não ficou puro e deixou a tinta muito mais grossa, não secando facilmente em caso de impressão. Geralmente impressões em preto são solicitadas para letras e detalhes pequenos, sendo que a mistura das três cores para gerá-lo também atrapalha, além de ter custo maior do que somente a tinta preta pura. Tal sistema de cores permite impressão de imagens e formas de maneira perfeita e é possível até mesmo se brincar com as sobreposições, ângulos e mais.

Comparação 

Na comparação abaixo, o lado direito corresponde ao modo CMYK. Sendo assim, ciano (lado direito) é a cor inversa do vermelho (lado esquerdo), o magenta é a cor inversa do verde e o amarelo é a inversa do azul.



Então, o padrão de sistema CMYK é empregado em impressões, enquanto o padrão de sistema RGB é empregado em monitores e televisões. Sendo que o CMYK é uma variação do sistema RGB para que se possa aplica-lo ao papel, não com total igualdade, pois não é possível que todas as cores vistas ao olho humano pelo monitor possam ser transferidas ao papel. Onde, o espectro de cores do sistema CMYK é bem menor que o espectro de cores do sistema RGB. Há também diversos outros padrões de cores, mas estes são os principais.

Então é isto, caros leitores: caso queiram, disponibilizamos as seguintes tabelas de cores e seus respetivos códigos → Tabela 1 | Tabela 2 | Tabela 3.

Um webmaster amante das tecnologias, criador de conteúdo para a web e idealizador do Informe Tecnológico 2cmultimidia.com (site voltado às tendências de tecnologias), onde compartilha experiências com seus web leitores.

1 comentários so far

Por favor leia antes de comentar:

1. Escreva apenas o que for referente ao tema;
2. Ofensas pessoais ou spam não serão aceitos;
3. Para entrar em contato acesse formulário de contato.
EmoticonEmoticon