21 abril 2014

5 MMORPGs que inovaram na 3ª geração

MMORPGs que trouxeram novidades para a terceira geração

O que é MMORPG?

MMORPG é uma sigla em inglês que significa “Massively Multiplayer Online Role-Playing Game”, esses jogos proporcionam um imenso mundo virtual onde milhares de jogadores podem explorar e curtir aventuras juntos. Com temas que envolvem geralmente magia, guerra, sempre uma história envolvente.

Os jogadores podem criar um personagem e personalizar não só a aparência física como também as habilidades (força, magia, vitalidade, etc.), que evoluirão enquanto você se dedica ao jogo.

Durante a segunda geração de MMORPGs, World of Warcraft reinou absoluto. O famoso WOW da Blizzard ainda é preferência entre os jogadores, no entanto, novos títulos chegaram com a terceira geração e eles trouxeram novos elementos que servirão como base para o futuro de MMOs.

TERA

Um dos MMORPGs gratuitos mais bonitos atualmente, os gráficos de TERA são impressionantes para o gênero.

A maior inovação de TERA para a 3ª geração de MMORPGs é a sua jogabilidade, o estilo de combate. Diferente dos outros jogos do gênero, onde basta clicar sobre o oponente para atacá-lo, TERA permite um combate muito mais intuitivo, onde cabe ao jogador a tarefa de desviar dos golpes em sua direção e lançar os combos no momento certo.

RIFT

Esse é um dos meus preferidos. Segundo os próprios jogadores, Rift é um World of Warcraft melhorado. Além dos gráficos de 3ª geração, Rift trouxe novidades que o tornaram um dos mais divertidos MMOs atualmente.

Como por exemplo, os eventos dinâmicos que estão sempre acontecendo pelo jogo. Os Rifts, que dão nome ao MMO, são rasgos no tecido da realidade que abrem portais para outro mundo, ocasionando as invasões no mundo de Telara. Os jogadores podem se juntar a qualquer momento para combater esses inimigos, quanto mais jogadores, e de acordo com o nível dos mesmos, maior será a dificuldade dos Rifts.

Rift possui um sistema chamado Soul Tree. Os jogadores podem misturar as souls e criar um personagem único com diferentes habilidades.

STAR WARS: THE OLD REPUBLIC

Star Wars: The Old Republic é praticamente um World Of Warcraft no mundo de Star Wars. - [ aproveite e baixe Wallpapers da saga Star Wars! ]

O jogo copiou a fórmula de sucesso da Blizzard em tudo, mas, sim, tem um diferencial. Além de apresentar um tema diferente, sendo baseado em uma franquia muito amada, algo bastante interessante foi introduzido nesse MMO, uma storytelling interpretada, o que é muito melhor do que ficar lendo infinitos textos durante o game.

Escolher entre ser um Jedi ou um aliado do Império Sith não fará de seu personagem bom ou mau, suas decisões ao longo do jogo influenciarão a narrativa.

ARCHEAGE

ArcheAge é um MMORPG da desenvolvedora coreana Jake Song (ex-desenvolvedora de Lineage). O jogo é descrito como um “Sandpark”, nos trazendo de volta à 1ª geração de MMOs no estilo “Sandbox” (Um MMO com liberdade para você ser, inventar, criar, colecionar, destruir, construir, o que desejar entre outros com a limitação da tecnologia do jogo), e apresentando também o gênero de MMO “Themepark” (Você segue um percurso, enquanto se diverte com os “brinquedos” presentes no jogo).

World of Warcraft é o maior representante do gênero “Themepark”.

O jogo possui gráficos realistas e uma jogabilidade inovadora, um sistema de combate target, mas com elementos de ação. ArcheAge é na verdade um híbrido, com características que podem agradar diferentes tipos de jogadores.

GUILD WARS 2

Guild Wars 2 consegue juntar quase todas as características que eu citei nos jogos anteriores no mesmo MMO, gráficos belíssimos, combate de ação, eventos dinâmicos e uma narrativa que deixa o jogador livre para fazer o que ele quiser.

Você pode evoluir no jogo à sua maneira, mas cada decisão tomada afeta diretamente o restante do mundo. Digamos que uma cidade está sendo atacada e você opta por não parar a invasão, essa cidade será tomada, consequentemente mais tarde um novo evento será criado para recuperá-la.

O Futuro dos MMORPGs

Quando entrarmos na quarta geração de MMOs os desenvolvedores estarão muito mais ousados para criar um mundo novo online. Eu acredito que com a 3ª geração e os inúmeros fracassos de desenvolvedores que só se preocuparam em copiar World of Warcraft, finalmente eles aprenderam que o caminho para o sucesso não é copiar o maior concorrente (Talvez um pouco), e sim inovar o máximo possível.

Os jogadores estão cansados de apenas receberem mais do mesmo. Se você vai jogar um jogo que é uma cópia de outro, por que não continuar jogando o original? E é por isso que a Blizzard ainda lidera o mercado de MMOs, mas se continuar acomodada, logo será passada para trás.

Por favor leia antes de comentar:

1. Escreva apenas o que for referente ao tema;
2. Ofensas pessoais ou spam não serão aceitos;
3. Para entrar em contato acesse formulário de contato.
EmoticonEmoticon