04 março 2014

Facebook quer comprar fabricante de drones

Depois de adquirir o famoso aplicativo WhatsApp por 19 bilhões de dólares, o Facebook já tem planos para uma mais nova aquisição, com certeza muito mais ousada. De acordo com o site TechCrunch, a empresa de Mark Zuckerberg pretende comprar a Titan Aerospace, companhia de aeronaves não tripuladas, por 60 milhões de dólares. ~ Observe que o valor nem se compara ao dinheiro investido no WhatsApp.

O objetivo é ampliar o acesso à internet pelo mundo, começando pela África. A meta inicial é construir 11.000 dos novos modelos de drones ‘Solara 60’.

Segundo a Titan Aerospace, um único drone poderia criar uma rede de voz e dados com "o alcance de mais de uma centena de torres de celular terrestres". Os drones são movidos a energia solar e podem permanecer no ar por até cinco anos.

Com a compra da Titan Aerospace, o projeto Internet.org, de mesmo objetivo, lançado pelo CEO do Facebook no ano passado, ganhará mais força.

Internet.org é uma parceria entre a rede social Facebook e seis empresas de telefonia celular (Samsung, Ericsson, MediaTek, Nokia, Opera, e Qualcomm), que tem como objetivo levar o acesso à Internet a preços acessíveis a todos, aumentando a acessibilidade, aumentar a eficiência e facilitar a desenvolvimento de novos modelos de negócios em torno da oferta de acesso à Internet.

O Google já havia anunciado um plano parecido, o ‘Projeto Loon’, que usaria balões ao invés de aeronaves.

Por favor leia antes de comentar:

1. Escreva apenas o que for referente ao tema;
2. Ofensas pessoais ou spam não serão aceitos;
3. Para entrar em contato acesse formulário de contato.
EmoticonEmoticon