08 junho 2013

CEO do Google nega ter liberado livre acesso aos dados dos usuários para Governos

Em postagem no Google Plus, Larry Page desmente acusações contra a Google

Afinal, o PRISM (Programa de espionagem do Governo Americano), teria acesso ao histórico de navegação, conteúdo de e-mail de empresas como Yahoo!, Apple, Microsoft, Google e Facebook?


Depois de apontado algumas vezes como uma das empresas a concederem livre acesso do governo aos dados dos usuários, fato esse que fez o CEO do Google, Larry Page, fazer uma postagem no Google Plus desmentindo esse fato. Confira:

" Queridos usuários do Google... 

Vocês devem estar cientes de que a imprensa vem alegando que algumas empresas de internet se juntaram a um programa do governo dos EUA chamado PRISM, onde a agência nacional de segurança teria acesso direto aos nossos servidores. Como CEO do Google e diretor jurídico eu quero pôr você a par dos fatos. 

Primeiro, nós não aderimos a qualquer programação do governo do EUA, ou qualquer outro tipo acesso direto do governo aos nossos servidores. Eles não tem esse tipo de acesso e para falar a verdade eu mesmo até ontem não tinha nem ouvido falar do tal PRISM. 

Em segundo lugar, nós fornecemos dados de usuários para os governos apenas de acordo com a lei. Nossa equipe de advogados analisa cada pedido e frequentemente nega as solicitações quando percebe que os motivos não são bons, ou que a solicitação é especulativa demais. 

Os relatos da imprensa sugerindo que o Google esteja envolvido com isso são falsos, qualquer informação de que o Google esteja divulgando dados dos usuários em grande escala é totalmente falso!" 

Posted by Larry Page, CEO and David Drummond, Chief Legal Officer

Leia a postagem original de Larry Page [ aqui ]!

E você leitor, acredita que o Google mantém os seus dados à salvo de pessoas interesseiras e governos bisbilheteiros? Comente!





Um webmaster amante das tecnologias, criador de conteúdo para a web e idealizador do Informe Tecnológico 2cmultimidia.com (site voltado às tendências de tecnologias), onde compartilha experiências com seus web leitores.

Por favor leia antes de comentar:

1. Escreva apenas o que for referente ao tema;
2. Ofensas pessoais ou spam não serão aceitos;
3. Para entrar em contato acesse formulário de contato.
EmoticonEmoticon