12 maio 2013

YouTube lança assinatura de canais pagos no Brasil

O Google confirmou as expectativas e lançou o serviço de canais pagos do YouTube

O sistema para que produtores de conteúdo possam oferecer vídeos pagos na plataforma foi divulgado na última quinta-feira (9). Sendo assim, o projeto considerado piloto pela companhia, funcionará baseado em assinaturas. Os valores no Brasil começam em R$ 3,99 por mês. Nos Estados Unidos, segundo o jornal "The New York Times", a faixa de preços de assinatura pode variar entre US$ 0,99 (cerca de R$ 2,00) e US$ 7,99 (aproximadamente R$ 16,10).


São 53 canais como o “UFC Select” e o “National Geography”. Alguns deles são voltados à exibição de filmes como o “BIGSTART Movies” e “Docurama”. Apenas 30 deles estão disponíveis para receber inscrições imediatamente dos usuários.

Para assinar, o usuário deve ter uma conta no Google. O sistema de cobrança é feito pelo serviço Wallet da companhia, o mesmo utilizado para compra de conteúdos no Google Play. É necessário que a pessoa tenha um cartão de crédito internacional e cadastre-o no Wallet.

A plataforma oferecerá gratuitamente por 14 dias os conteúdos disponibilizados em canais pagos. Estes canais estão disponíveis em → youtube.com/channels/paid_channels.

O Google comprou o YouTube em 2006 por 1,650 bilhão de dólares. Estima-se que o serviço gere uma pequena renda de publicidade, mas o conteúdo até então tem sido gratuito. O YouTube tem adicionado progressivamente conteúdos profissionais, como programas de TVs e filmes, à sua oferta de vídeos amadores, na tentativa de captar anunciantes. No começo deste ano, o Google informou que mais de um bilhão de pessoas usam o YouTube mensalmente, indicando que a possibilidade de acessar o site de smartphones ajuda a impulsionar o crescimento. "Se o YouTube fosse um país, seríamos o terceiro maior do mundo depois de China e Índia", relatou o YouTube em março. O site confirmou no começo deste ano que sua evolução para uma plataforma de vídeos na internet poderia incluir assinaturas de conteúdos que seus criadores acreditam que as pessoas pagariam para ver.

Um webmaster amante das tecnologias, criador de conteúdo para a web e idealizador do Informe Tecnológico 2cmultimidia.com (site voltado às tendências de tecnologias), onde compartilha experiências com seus web leitores.

Por favor leia antes de comentar:

1. Escreva apenas o que for referente ao tema;
2. Ofensas pessoais ou spam não serão aceitos;
3. Para entrar em contato acesse formulário de contato.
EmoticonEmoticon