02 dezembro 2012

Acesso à internet via orelhão

Talvez você já ouviu ou leu alguma coisa a esse respeito, pois bem, vamos entender um pouco melhor essa nova tecnologia.

A Agência Nacional de Telecomunicações (ANATEL), resolveu transformar os telefones públicos (aqui no Brasil, apelidados de orelhões) em transmissores de rede Wi-Fi para desafogar a rede 3G. A novidade que já está em testes em algumas cidades pode ser ampliada logo logo, segunda a operadora Oi. A Vivo, também estuda a tecnologia e faz testes nos Estados Unidos.

Parece estranho investir em cabines telefônicas com acesso à internet em uma era de “inclusão digital plena”. Em Nova York a maioria da população tem seu próprio smartphone e dificilmente busca informações em plataformas de mídia de terceiros. Mas, e aqui?

No Brasil, os 'Orelhões do Futuro' a preocupação é: como os orelhões serão preservados.

Entenda agora como funciona:

Roteadores junto aos orelhões serão os responsáveis por distribuir o sinal que pode ser captado por quem tem à mão tablets, smartphones, notebooks, entre outros equipamentos. Bastaria encontrar um orelhão para usufruir da rede. No futuro a curto prazo, o aparelho que marcou gerações e perdeu seu lugar para o celular pode voltar a ter grande importância na vida das pessoas.

O que achas? Comentem!

Um webmaster amante das tecnologias, criador de conteúdo para a web e idealizador do Informe Tecnológico 2cmultimidia.com (site voltado às tendências de tecnologias), onde compartilha experiências com seus web leitores.

2 comentários

Por favor leia antes de comentar:

1. Escreva apenas o que for referente ao tema;
2. Ofensas pessoais ou spam não serão aceitos;
3. Para entrar em contato acesse formulário de contato.
EmoticonEmoticon