08 maio 2011

Plataformas da Sony ainda não voltaram a funcionar e clientes podem ter seguro

O roubo de dados de clientes da PlayStation Network (PSN) acnteceu há quase um mês, mas a rede ainda não voltou a funcionar. Mesmo sem a confirmação de que os dados de cartão de crédito dos clientes foram roubados, a Sony se comprometeu a cobrir, em até US$ 1 milhão, as perdas econômicas dos usuários lesados.

As invasões ocorreram entre os dias 16 e 19 de abril e atingiram, além da PSN, A Qriocity e a Sony Online Entertaiment (SOE), afetando 100 milhões de contas de clientes do mundo todo. As três plataformas virtuais foram desativadas pela companhia e devem ser parcialmente retomadas nos próximos dias. A japonesa ainda não constatou que os dados pessoais e bancários dos clientes tenham sido usados de maneira indevida.

Os usuários alegam que a Sony não fez o suficiente para proteger os dados dos clientes. O temor é que os dados de 77 milhões de clientes assinantes da PSN sejam usados em transações ilegais online.

Além das compensações pelos transtornos, os clientes também querem que a Sony pague pelo monitoramento dos cartões de crédito, para verificar a tentativa de uso fraudulento deles. Aparentemente, os eventos que culminaram com a invasão do sistema só foram revelados após o lançamento do tablet da companhia, no dia 26 de abril.

A Sony confirmou que dados como nomes, endereços, endereços de e-mail e datas de nascimento dos usuários foram roubados. No entanto, números de cartões de crédito e datas de expiração podem ou não ter sido roubados.

Após os roubos dos dados, a PSN permaneceu offline enquanto a Sony verificava os estragos causados pela invasão. A companhia alegou que durante este período estava aumentando a força dos sistemas de segurança e da infraestrutura da rede para impedir que os ataques voltassem a acontecer.

Os usuários da PSN ficaram, além de apreensivos, revoltados com a atitude da empresa, de só revelar os ataques dia depois do ocorrido. A rede gera receitas anuais de cerca de US$ 500 milhões.

Um webmaster amante das tecnologias, criador de conteúdo para a web e idealizador do Informe Tecnológico 2cmultimidia.com (site voltado às tendências de tecnologias), onde compartilha experiências com seus web leitores.

Por favor leia antes de comentar:

1. Escreva apenas o que for referente ao tema;
2. Ofensas pessoais ou spam não serão aceitos;
3. Para entrar em contato acesse formulário de contato.
EmoticonEmoticon